FIES 2017.2 Crise financeira prejudica novos alunos

FIES 2017.2 Crise financeira prejudica novos alunos (Futuro do FIES)

A atual meta do Brasil é atingir 34% da população entre 18 e 24 anos na universidade até o ano de 2020. Em 2017, este percentual está abaixo dos 20%. Porém, o governo ainda não possui uma meta para diminuir o percentual de evasão (universitários que desistem do curso em universidades públicas e particulares).

Com a atual crise orçamentária do governo Temer, o FIES perdeu 50% dos novos alunos entre 2014 e 2015. O governo Temer já anunciou corte de 29% para os recursos do FIES deste ano de 2017, e o Novo FIES que vigorará a partir de 2017/2018 poderá ter juros mais altos e menos vagas, leia http://vestibular.agendapesquisa.com.br/2017/06/02/novo-fies-financiamento-ficara-mais-caro/

Segundo a ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior), a redução de recursos para o FIES e a reformulação do FIES já está aumentando o percentual de desistências.

Desde o mês de abril de 2017, governo Temer planeja uma revisão profunda  no Fies (financiamento estudantil), cujas alterações permitirão o fim do prazo de carência para que estudantes beneficiados iniciem o pagamento da dívida.

FIES 2017.2 Inscrições e abertura de Novo FIES

— Leia mais depois da publicidade —



As inscrições para o FIES 2017.2 estão previstas para serem abertas na segunda quinzena do mês de junho, estendendo o prazo e a lista de espera para o mês de julho de 2017.

Apesar do Governo Federal indicar o lançamento do Novo Fies com a diminuição de vagas financiadas em cursos superiores na possibilidade de transferi-las para o Prouni,  ( entenda o por quê: http://vestibular.agendapesquisa.com.br/2017/05/17/novo-fies-inscricoes-e-novas-regras-partir-de-maio/ ) para a abertura de novos contratos no FIES 2017.2.

Futuro do FIES

Leia mais:

Novo FIES – Financiamento ficará mais caro

FIES 2018 Inscrições e novas regras

Todas as informações sobre FIES:

http://vestibular.agendapesquisa.com.br/category/fies/

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*