Novo FIES 2018 Vagas são concentradas no Norte e Nordeste

Novo FIES 2018 Vagas são concentradas no Norte e Nordeste

Para tornar o FIES mais sustentável a partir de 2018, diminuindo o rombo nas contas públicas, o Governo Federal lançou oficialmente o Novo FIES 2018 com a pretensão de oferecer 300 mil vagas utilizando recursos do BNDES e dos Fundos Constitucionais em bancos privados para oferecer mais vagas para estudantes que possuem renda de até cinco salários mínimos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Para os estudantes mais carentes, será mantido o FIES Público com juros zero para 100 mil vagas para todo o Brasil.

Nas redes sociais, estudantes protestaram contra a concentração de vagas utilizando dinheiro público em bancos privados para financiar 210 mil vagas somente nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste sem avaliação para distribuir mais vagas de forma equilibrada em todas as regiões do país. O Governo Federal ainda não detalhou se o FIES 2 e o FIES 3 que utilizarão bancos privados poderão no futuro oferecer vagas também para as regiões Sul e Sudeste.

Entramos em contato com o MEC, e o mesmo solicitou que os estudantes aguardem a publicação do edital oficial do Novo FIES 2018 até o mês de dezembro de 2017.

Leia a seguir as informações oficiais do MEC sobre as três modalidades do FIES 2018:

— Leia mais depois da publicidade —



FIES 1 (Público) – 100 mil vagas

O Fies 1 funcionará com um fundo garantidor com recursos da União e ofertará 100 mil vagas por ano, com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de três salários mínimos. Nesta modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando a sua capacidade de renda com parcelas de, no máximo, 10% de sua renda mensal. Com as mudanças, só nessa modalidade o MEC vai garantir uma economia mínima de R$ 300 milhões por ano, com taxas operacionais.

Uma das principais mudanças do Novo Fies, nessa modalidade, é o compartilhamento com as universidades privadas do risco do financiamento, que no modelo atual fica concentrado no governo. Uma outra medida que garante a sustentabilidade do programa é a fixação do risco da União do fundo garantidor, evitando a formação de passivo para o setor público.

FIES 2 (Banco Privado) 150 mil vagas para Norte, Nordeste Centro-Oeste

Na segunda modalidade, o Fies terá como fonte de recursos fundos constitucionais regionais, para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com juros baixos e risco de crédito dos bancos. Serão ofertadas 150 mil vagas em 2018 para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

FIES 3 (Banco Privado) Até 80 mil vagas para regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste

Na terceira modalidade, o Fies terá como fontes de recursos o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e os fundos regionais de desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com juros baixos para estudantes com renda familiar per capita mensal de até cinco salários mínimos. O risco de crédito também será dos bancos. Serão ofertadas 60 mil vagas no próximo ano. Nessa modalidade, o MEC discute com o Ministério do Trabalho uma nova linha de financiamento que pode garantir mais 20 mil vagas adicionais em 2018.

Notícias anteriores:

NOVO FIES 2018 Inscrições e dúvidas

Novo FIES depende de verba pública e Medida Provisória

Mais informações:

http://vestibular.agendapesquisa.com.br/category/fies/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *